Laboratório de Pesquisa Multidisciplinar (LPM)

Constitui-se em uma estrutura acadêmica, focada na Pesquisa Multidisciplinar, que busca melhorar a qualificação em metodologias e conteúdos dos professores, acadêmicos e parceiros dos cursos de graduação e pós-graduação da FACULDADE SÃO FRANCISCO e da comunidade em geral, desenvolvendo vivências investigativas dentro do processo ensino e aprendizagem crítico e científico, voltado para a formação da cidadania, consciente e responsável.

Acredita-se que a Educação Científica, que é a base do LPM, é um dos caminhos seguros que possibilita a qualificação permanente e atualizada de todos os envolvidos no processo e ensino e aprendizagem, produzindo e disseminando resultados de atividades investigativas e geradoras de novos conhecimentos.

Para tanto, o LPM está alicerçado num conjunto de de políticas e metas, com as respectivas ações, que colocam à disposição uma equipe qualificada de professores pesquisadores e Bolsistas de Iniciação à Educação Científica e Tecnológica. A principal característica do LPM/UNIFIN é estar baseado em uma proposta e inter/multidisciplinar, para o desenvolvimento de atividades transversais e com caráter multidisciplinar, principalmente focadas em dois focos:

  • Gestão para a Sustentabilidade Ambiental e de Negócios;
  • Educação, Ambiente e Sociedade.

O LPM foi criado em 2013, ocorrendo desde lá implementação de suas políticas, incluindo as respectivas metas e ações previstas, bem como um processo de avaliação permanente, envolvendo aspectos quantitativos, qualitativos, auto e hetero – avaliações. Acreditamos na consolidação e institucionalização do LPM, bem como a busca de possíveis suas parceiras.

O LPM está alicerçado em ações que preveem formação de grupos de estudos/pesquisa, ciclo de palestras, cursos, oficinas, encontros, eventos e outros similares, bem como uma assessoria permanente junto às coordenações dos cursos de graduação e pós-graduação da instituição e de suas parceiras. Também é pretensão do Laboratório ora criado atuar na implantação de eventos com foco na Pesquisa Multidisciplinar

O LPM/UNIFIN tem base à Iniciação à Educação Científica e Tecnológica, destacando processos investigativos em Inovação como tal e sua presença-ação nas Ciências, nas Tecnologias e na Sociedade, incluindo as mais diferentes áreas de conhecimento.

É fundamental, portanto, caracterizar convenientemente a Educação Científica e Tecnológica, a Ciência e Tecnologia e a Sociedade, emprestando-lhes um significado claro, a ser entendido por todos os “científicos” que influenciam na formação do clima de opinião das comunidades e promovem melhores condições de vida.

A educação, de um modo geral, é sintética: destina-se a transmitir, de uma geração para outra, a base do conhecimento humano, acumulado e aperfeiçoado durante os tempos. Estes conhecimentos, produzidos através de um processo contínuo e que atinge a pessoa durante toda a sua existência, permitirão uma visão crítica do mundo e darão condições para transformá-lo, segundo os valores que o homem tem atualmente ou os valores que as gerações futuras venham a alcançar.

Na nossa realidade de pobreza científica e de mundo conturbado e repleto de mentes que não se apropriaram dos princípios da Educação Científica e Tecnológica, as ações do LPM deverão ser buscadas e entendidas como a aquisição daquelas condições que permitam às pessoas pensarem em termos mais amplos, agirem com maior discernimento e criatividade, em perfeito equilíbrio de pensamentos e ações: Pensamentos Científicos e Atitudes Científicas.

A Ciência e a Tecnologia são os ingredientes básicos para o “padrão de vida”; promovem a possibilidade das pessoas pensarem em termos mais amplos, encontrando-se no mundo natural; favorecem o crescer culturalmente; concorrem para a formação de valores e finalmente, possibilitam o viver dignamente.

Estes aspectos favorecem satisfações culturais e materiais das pessoas, através de bens individuais, valores humanos, processos mutáveis apresentados de forma aberta e crítica.

Para que a comunidade viva coesa e o comando das ações sociais sejam consensuais, ela deve ser convenientemente informada dos progressos da ciência / tecnologia e, como estas, são aplicadas nos fenômenos sociais e políticos, caracterizando-se uma filosofia positiva (métodos das ciências e matemática aplicados na sociedade política, apreendendo as leis que regem a estrutura e o desenvolvimento das sociedades).

As ideias registradas em relação à Educação, Ciência, Tecnologia e Sociedade e considerando as implicações culturais e metodológicas presentes e pouco compreendidas, trazem algumas dificuldades para operacionalizar a Educação Científica e Tecnológica nos diversos setores da atividade humana.

 

Coordenação do LPM/FSFA
Equipe do LPM/FSFA

Contato